Segunda-feira, 18 de Fevereiro de 2008
filho és, pai serás

Alguém me ajude, porque eu já não estou a perceber nada disto. Sigam o meu raciocínio e vejam se me mostram a luz. Porque eu confio que ela ande por aí algures.

Um pai, com um ramo de negócios, digamos rentável, porque agora com a crise não há nada rentável. Esse pai, com 4 filhos, e a todos eles impediu de estudar, só com a ideia de eles seguirem os seus negócios. O tempo passou e os filhos fizeram-se gente grande, e claro, a trabalharem nas sucursais das empresas do pai. Nenhum dele sabe fazer mais nada, nem têm habilitações suficientes para tentarem outra coisa na vida. Mas fazer outra coisa na vida, também nunca foi opção para eles. Chegamos agora a um ponto em que eles, todos já na casa dos 40, se encontram sobre a corda bamba. Chegaram à conclusão que nada têm deles. As casas forma dadas, os electrodomésticos também, os carros, as mobílias. Tudo o que chamam deles, foi dado! Triste ilusão de vida! Mas o pior está para vir. O pai resolveu agora tirar-lhes o tapete de debaixo dos pés. Ou seja, resolveu agora, vender as empresas. Já está a fazer negócio com a segunda empresa, só ficam duas. Quatro filhos a trabalhar no mesmo, isto de certo não irá dar bom resultado. Mas como tudo na vida, e como à uns dias atrás ouvi alguém dizer, as opções dos velhos empresários estão ultrapassadas. Pessoas que não se modernizaram e estão a arruinar fortunas. É o caso, infelizmente. Porque ainda por cima, esse pai, está a vender as sucursais mais rentáveis e está a deixar os filhos com as piores, quase como forma de os castigar por não serem como ele. Isto é um acto de tremenda irresponsabilidade, não acham?

Por isso eu ontem lhe disse, se o senhor continua a fazer isso, eu e a minha família de certeza que vamos emigrar. Disse-me que ia pensar no assunto. Vamos ver o que dará! Ora essa, uma gaja às vezes tem que se impor, mesmo que a família não seja, digamos, a nossa!


sinto-me: teórica

publicado por soprodavoz às 17:06
link do post | comentar | favorito
|

12 comentários:
De Lil a 18 de Fevereiro de 2008 às 17:18
a isso eu chamo ser filho de um grande cabrão....desculpa a expressao!


De soprodavoz a 18 de Fevereiro de 2008 às 22:29
tas desculpada, podes chamar-lhe os nomes que quiseres :D
beijinhos


De estrelaquebrilha a 18 de Fevereiro de 2008 às 17:51
Esse homem não é pai não é nada.
Como pode não pensar nos filhos?
bj


De soprodavoz a 18 de Fevereiro de 2008 às 22:30
Bem, ele é assim e acha que tem toda a razão do mundo. Acha-se o melhor pai do mundo e ai daquele que duvide :/
beijinhos


De sarikitita a 18 de Fevereiro de 2008 às 17:54
Bem, mas que pai é este que nao quer o melhor para os filhos?!
Ha pessoas capazes de tudo!
Eu, na tua situação teria a mesma atitude!!!
Beijocas.


De soprodavoz a 18 de Fevereiro de 2008 às 22:31
Burro velho ja não tem andadura :D vamos ver no que ele vai pensar, mas de certeza que não vai ser nada favorável ao filho. Quem não o conheça que o compre.
bjinhos


De c911eutopias a 18 de Fevereiro de 2008 às 18:26
Olá sopro da voz, fizeste bem em teres voltado. Não tinha sentido nenhum deixares de fazer algo que te dava tanto gosto por uma coisa tão mesquinha....... Vou continuar a ser visita, mas a comentar de vez em quando. Em relação ao post de hoje é verdade que muitos empresários estão desactualizados e não investem em novas tecnologias, mercados ou ideias o que não é sinonimo de terem perdido o faro para o negocio..........e muitas vezes uma firma com varias filiais apresenta resultados enganadores numa determinada filial, por conveniência contabilística .......... PS . o que é uma tainada ?


De soprodavoz a 18 de Fevereiro de 2008 às 22:34
hummm, aqui o problema acho que não tem nada a ver com conveniências contabilisticas, mes eu não percebo nada de negócios.
Gosto de te ter por ca, e comenta ou não se assim quiseres. Mas quanta mais lenha na fogueira melhor.
Uma tainada, essa pergunta já foi colocada por mais alguém :) é uma patuscada entre amigos, normalmente até altas horas da madrugada.
beijinhos


De Jorge Soares a 18 de Fevereiro de 2008 às 19:20
Olá ..... :-)

Somos um país de gente mesquinha, de gente que só olha para o seu umbigo e esquece que lá fora o mundo evolui...

Fizeste bem em falares....admiro-te o valor

Jorge
http://oqueeojantar.blogs.sapo.pt/


De soprodavoz a 18 de Fevereiro de 2008 às 22:37
:) quem é vivo sempre aparece lol
temos de falar, já estive muito tempo calada a ser espezinhada, agora falo. Se ele não tem coragem de falar por medo, alguém deve zelar pelo futuro da minha filha, e aí a mãe leoa revela-se :D
beijinhos


De Miss Pepper a 18 de Fevereiro de 2008 às 22:55
O velho não deve estar bom da cabeça, só pode!
Mas tmbém não é de estranhar atitudes malucas do velho. Dali já se espera tudo, não é?

Xinhus!


De soprodavoz a 18 de Fevereiro de 2008 às 22:58
sim, realmente eu daquelas brabas já espero tudo. infelizmente!
bjokas


Comentar post

.mais sobre mim
.Maio 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


.posts recentes

. continuo a soprar...

. não há limites

. fechado!

. tasse bem... ou pensamos ...

. vergonha de mim

. duvidas

. santas páscoas

. noticias do cativeiro

. reconstrução

. a culpada

.arquivos

. Maio 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

.fala comigo
.links
.pesquisar
 
.sopros online
   
blogs SAPO
.subscrever feeds