Sábado, 15 de Março de 2008
ridicula

Já não te suporto, confesso que já não te suporto.

Não merecia o que me fizeste. Eu apenas queria ter sido alvo da tua atenção, mas fizeste exactamente o contrário.

Não te suporto, confesso que já não te suporto.

Ontem quando entrei pela porta esperei ter tido outra recepção, pelo menos um beijo, pelo menos um sorriso.

Não te suporto, irritas-me, não te suporto mais.

As tuas fitas, os teus inquéritos são absurdos. Não queria que tivesses feito aquelas perguntas, não daquela forma como as fizeste.
És absurdo, ridículo , não te suporto mais.

Acima de tudo sou mulher, ser humano. Tenho os meus gostos, os meus cuidados, as minhas necessidades. E tu não vês nada disso. Fazes-me sentir ridícula , um farrapo velho, a pior das mulheres ao cimo da terra. E tudo isso é tão desnecessário.

Ridicula , é assim que me sinto, já nem eu me suporto.

Queria neste momento desaparecer, desaparecer mesmo. Sinto-me mal por ser assim tratada. Por ser assim ignorada. Só faltou um coito não consentido, para fazeres valer os teus direitos de macho sobre mim.

És ridículo , absurdo, uma besta, não merecia que me tivesses tratado assim.

Mas sabes, tu não perguntaste, nem sei se algum dia perguntarás, até porque o teu interesse era saíres porta fora, mas gostei. Estou cansada, desiludida, angustiada, mas há coisas que valem a pena.

Que coisa ridícula e absurda! Fizeste-me sentir tão pequenina e tão sózinha... que cena ridícula, sinceramente! E sabes, fizeste isso sem razão, era desnecessário. Acho que te dei a maior prova de amor que podia ter dado, mas estou arrependida, não mereces.

És ridículo, absurdo e não te suporto mais.


sinto-me: ridicula

publicado por soprodavoz às 11:02
link do post | comentar | favorito
|

20 comentários:
De xanata a 15 de Março de 2008 às 12:05
foste a lx e voltas-te?!
para a proxima nao voltes
:@ estou irritada com o G. que parvalhao!


De soprodavoz a 15 de Março de 2008 às 14:17
tive de me deslocar contrariada com o homem da barbas e os dois cunhados para ir assistir a uns exames. Fui em trabalho, não em prazer, e ainda sou assim maltratada. :( estou-lhe com um ódio....


De mafalda a 15 de Março de 2008 às 14:16
olá.
o teu post fez-me perder nas palavras.
"não merecia o que me fizeste. eu apenas queria ter sido alvo da tua atenção, mas fizeste exactamente o contrário"... sinto essa mágoa!
parabéns pelo teu blog.
beijos.


De soprodavoz a 15 de Março de 2008 às 14:22
espero que esta mágoa passe, mas estou a ver a dor a crescer muito. :( Porque temos nós de sofrer estas coisas, quando com algum cuidado tudo poderia ser diferente :(
obrigada e volta sempre


De mafalda a 15 de Março de 2008 às 14:36
sabes uma coisa? também me pergunto isso.
o sofrimento é tão devastador e é como se só tivesse importância para nós, os que o sentem.
chega a um ponto de não termos mais o que fazer, de não saber como remediar o que está feito, de querer que o tempo volte atrás e perceber onde é que erramos... e no fim parece ter sido tudo em vão... os momentos que passamos, a dor que não queremos ter, até mesmo aquela pontinha de ódio que sentimos... parece não ter valor nenhum para o resto do mundo (muito menos para aquele a quem se destina os sentimentos)!
visita o meu blog, não te vai animar mas talvez te encoraje a desabafarmais e mais. sei que é uma frase feita mas desabar ajuda mesmo.
beijos!


De soprodavoz a 15 de Março de 2008 às 14:41
lá irei... eu sei que desabafar faz bem, por isso tenho o blog, mas depois custa-me as pessoas dizerem-me o que devo fazer, e eu nada fazer, não conseguir reagir :( hoje é mesmo dia não! irra!
bjus


De mafalda a 15 de Março de 2008 às 15:00
eu sei como é.
por isso é que nunca tento animar quem está como eu, bem sei que isso não leva a nada.
o que me vale é escrever, é a minha forma de viajar para outros mundos e poder ser aquilo que sou sem dar justificações. é também o que aconselho: transformar os sentimentos em palavras.
não sou boa a expressar-me com palavras "faladas" nem tão pouco tenho paciência para isso, é por isso que escrevo.
é também por isso que te convidei a ir ao meu blog, partilhar é uma boa forma de afogar as mágoas.
beijos.


De soprodavoz a 16 de Março de 2008 às 00:51
vou até la afogar as mágoas :)
bjus


De estrelaquebrilha a 15 de Março de 2008 às 15:11
Ele não merecia era prova nenhuma, é um sacana. Mas já te disse ontem a minha opinião.
bj e tenta animar-te


De soprodavoz a 15 de Março de 2008 às 15:15
:( pois não, mas dei! provei a mim mesma que era de confiança, que não tenho qualquer intenção secundária quando digo que quero ir ver as minhas amigas. Mas agora já estou arrependida, se calhar deitei fora o papel errado :(
bjus


De tontices a 15 de Março de 2008 às 16:22
Esse gajo é mesmo uma besta quadrada, apetecia-me dar-lhe um par de estalos. Mas deixe lá que ele não perde por esperar, na primeira oportunidade leva uma corrida.
ah, ainda bem que ja veio, tive saudades suas
beijos


De soprodavoz a 16 de Março de 2008 às 00:32
Pois, besta quadrada! :(
conto consigo para lhe arreganhar os dentes, não se acanhe esteja à vontade!
bjus... tb tive sodadinhas suas


De Bichana a 15 de Março de 2008 às 18:59
Estou com um nó na garganta. Bem grande.
Nem sei o que dizer.
Maldito seja esse homem.
Bjnhos querida.


De soprodavoz a 16 de Março de 2008 às 00:34
:(
não digas nada, acho que nesta tenho de ser mesmo eu a tomar conta da situação, não sei como, mas sei que vai ter de ser.
bjus


De M. a 16 de Março de 2008 às 00:11
identifiquei-me muito com algumas partes do teu texto. também me sinto ridicula e sei que ele não merece. também parece que não consigo agir. que estou presa. que até sei o que deveria fazer, mas não consigo. Mas acho que não és tu que és ridicula, é ele. Tu estás a lutar. Ele é que é estúpido. Mas, como eu, tens de sair desse impasse de sofrimento. Como, nem sei dizer. Mas ele não te merece.
beijinhos


De soprodavoz a 16 de Março de 2008 às 00:36
acho que está mesmo na hora de levantar a cabeça, levantarmos :) Ñão sei como mas vai ter mesmo de ser.
bjus


De xana a 16 de Março de 2008 às 00:43
E eu a pensar que tinhas vindo a Lx de fim de semana.
Porque é que dedicamos sempre o nosso amor a quem não o merece? Esse homem não merece o teu tempo, muito menos o teu amor, e nem tu mereces passar por tudo isso. Pensa, pensa muito, só tu serás a tua melhor conselheira sobre o que queres ou não fazer ou aceitar que te façam.
"Ridicula , é assim que me sinto, já nem eu me suporto". Não lhe permitas que te faça isso, não tens de te sentir assim. Já passei por algo semelhante, cheguei ao ponto de nem me olhar no espelho, nem me apercebi que tinha um olho azul e outro verde, tal era a minha aversão por mim mesma, levei porrada mais que uma vez, fui rebaixada até perder a auto-estima. Mas um dia, acordei e percebi que nós somos a pessoa mais importante das nossas vidas. Cheguei a usar uma faca enorme no carro, para o caso de ele me aparecer na frente, fazê-lo por-se em fuga de uma vez. Nunca me apareceu na frente, mas passados anos ainda me telefona para casa. Mudei de nº de telemovel, mais que uma vez, em casa não atendo o telefone fixo, e todos tem ordens para dizer que eu já não vivo aqui, visto que ele é mesmo a única pessoa que usa o número de casa, muitas vezes faz-se passar por mulher a ver se "cola". A última vez foi há um mês, e a minha irmã disse que eu tinha ido beber café com o meu marido. Espero que tenha resultado. Só o marinheiro não quer saber de mim.
Desculpa o desbafo.
Como vês, não deixes que esse sacana te faça isso, tens uma filha que precisa de ti, mas feliz, mas inteira enquanto ser humano, enquanto mulher.
bjks


De soprodavoz a 16 de Março de 2008 às 00:54
acho que muita gente pensou como tu... enganaram-se :)
estou a ver se me consigo recuperar do golpe, de mais este golpe. Se me começo a reestruturar enquanto pessoa, mãe, mulher e profissioanal, para levantar a cabeça.
bjus
O meu blog tb é teu, tens uma historia de vida com algumas mágoas, e essas tmbém tÊm de ser exorcisadas. E isso faz-se em qualquer cantinho onde nos ouçam.
bjus


De um dos de mim a 16 de Março de 2008 às 17:01
Que Lua é esta que nos tormenta em marés inconstantes?

Bjs!


De Miss Pepper a 16 de Março de 2008 às 18:12
Tu não és ridícula, amiga... ridículo é ele. E não é só ridículo, tem mais uma série de nomes que lhe assentam bem. Sabes que se eu pudesse tinha-te tirado já daí. fico tão triste quando sei destas coisas! :(((((

Xinhus!


Comentar post

.mais sobre mim
.Maio 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


.posts recentes

. continuo a soprar...

. não há limites

. fechado!

. tasse bem... ou pensamos ...

. vergonha de mim

. duvidas

. santas páscoas

. noticias do cativeiro

. reconstrução

. a culpada

.arquivos

. Maio 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

.fala comigo
.links
.pesquisar
 
.sopros online
   
blogs SAPO
.subscrever feeds