Segunda-feira, 17 de Março de 2008
a culpada

Desculpem a vaga de tristeza que tem invadido este meu espaço, a falta de assiduidade nas respostas aos comentários, e a ausência nos vossos blogs. Mas estou definitivamente imprópria para consumo. As coisas não estão nada bem por aqui. O clima de guerra fria está a dar lugar a guerra aberta. Demasiadas insinuações insultuosas por parte dele, e o meu desprezo pelas suas considerações. Hoje então tem sido uma coisa de doidos. Começou logo pela manhã com acusações absurdas, ainda por cima à frente da gaja LL. Achei uma completa falta de respeito vir lavar roupa suja à frente da minha amiga. Disse coisas graves com demasiada convicção, e que a forma como me olhou demonstrou um gajo completamente alucinado. Disse que eu iria sofrer as consequências dos meus actos. Bem, sei dizer que fiquei o resto do dia a bater bastante mal.

Entretanto o dia foi-se passando, e os meus contactos com ele foram os estritamente necessários. Ao fim do dia, já estava eu em casa, a gaja ll resolveu falar com ele e chamá-lo à razão. Ela depois contou-me tudo. Ele disse-lhe que eu estou doente, que não estou a pensar  na nossa filha e que o desrespeitei, coisa que ele nunca me fez! Ela confrontou-o com a falta de amor e carinho, e ele mandou as culpas para mim. isto fez-me ferver o sangue.

Chegou a casa e eu ao jantar, como estava com ela atravessada, e estas coisas fazem-me mal, peguei no assunto. Pedi-lhe explicações acerca das insinuações que andava a fazer à boca cheia. Disse-me que sabia muitas coisas e que tinha provas. E voltou a falar da minha falta de respeito por ele e de não estar a pensar na minha filha. Houve discussão claro.Pedi-lhe a separação, já que tinha tantas certezas acerca de mim, e que todas as acusações eram demasiado graves. Disse que a separação é uma vontade minha e não dele. Disse-lhe que me ia embora, só ainda não tomei a resolução mais cedo porque sei que as intenções dele são de me tirar a menina. Sabem o que ele fez?! Riu-se... que nervos! Mandei-lhas todas que estavam atravessadas.

Que se lembra bem tarde da filha, pois nunca pensou nela. Perguntei-lhe onde estava ele quando eu grávida caí das escadas à noite? onde estava ele quando no segundo dia de nascimento dela lhe pedi para ir mais cedo ter comigo à maternidade para ficar com a bebé para eu poder ir tomar banho, e foi o último a chegar? Onde estava ele quando ela tinha dias apenas e eu ainda mal me mexia e ela chorava, e eu chorava, era de noite, e ele não estava? Onde estava ele quando ela tinha fome e o meu leite com os nervos não saía? Onde estava ele naquelas noites todas em que ela e eu  estávamos doentes, e eu tinha de me levantar hora a hora? Onde estava ele quando ela caiu e bateu com a fonte na esquina da mesa e me disse que não se mexia, e que eu tive de a levar a correr, a pé para o hospital? Onde está ele todas as noites? Onde está ele agora? Como pode ele dizer que sou eu a culpada? como? Como quer culpar-me da falta de amor e da destruição do lar, quando ele não está em casa preocupado em construí-lo ? Já não percebo nada disto. Sei que sou oficialmente a culpada de tudo, apesar de não conseguir perceber bem qual é a minha culpa. Desculpem, mas estou mesmo assim, imprópria !

 

ps: desculpem a construção do texto, mas o meu pensamento está sem pés nem cabeça também

 


sinto-me: imprópria

publicado por soprodavoz às 22:41
link do post | comentar | favorito
|

17 comentários:
De xana a 18 de Março de 2008 às 00:10
O que ele faz é chantagem psicológica. Já passei por isso. Tenta que te sintas culpada para se livrar ele das culpas que tem, usa assim o orgulho desmedido de macho, usa o alter-ego para te mandar ainda mais abaixo. É a única forma que encontra de te tentar submeter a ele, para que penses que és tudo o que ele diz, que não tens alternativa se o deixares e ainda por cima tenta usar a filha, como escudo para te manter aprisionada. Desculpa a franqueza, mas para quem está de fora, e já passou por algo semelhante é mais fácil perceber o carácter de alguém como ele. Não deixes que te faça isso, não deixes que te aprisione aí, ele não tem perfil para cuidar da filha, faz bluf, ia tirar-te a tua filha para a entregar à mãe dele, e ir à noite para a borga?

"Sei que sou oficialmente a culpada de tudo, apesar de não conseguir perceber bem qual é a minha culpa." isso é o que ele tenta que sintas, que és culpada, não deixes por favor que te faça sentir culpada dos erros dele.
bjks


De me a 18 de Março de 2008 às 10:29
Olha envio-te um !
Tudo se há-de resolver, tem calma!


De Bichana a 18 de Março de 2008 às 10:35
Não te sintas culpada!
E não te esqueças que és forte, embora te façam sentir o contrário!!
Estamos aqui, e gostamos de ti!
Bjnhos, foooooooooooorça!


De Lil a 18 de Março de 2008 às 12:25
apenas te posso desejar força!


De sarikitita a 18 de Março de 2008 às 13:09
Não te sintas culpada por aquilo que não fizeste!!!
Desejo-te força! E envio um beijão enorme!!!!
Beiojocas.


De xanata a 18 de Março de 2008 às 13:46
ate me fizes-te chorar :/
pois bem ja que tens a fama, ao menos que tenhas o proveito.. faz-te a vida, arranja emprego nem que seja a limpar sanitas, pede a separaçao.. e LOL nenhum juiz da o poder de paternidade a um pai por qualquer motivo.. a nao ser que sejam razoes realmente graves o que nao tem contra ti.
beijo


De mariadomar a 18 de Março de 2008 às 15:33
Sopro fiquei "banzada" com o que contas.
Desculpa, mas para mim ele tem acesso ao teu blog.
Como nao sei mas depois do que ele disse só pode ter lido os teus blogs falando das tuas conversas no MSN.
Cuidado! É uma desconfiança que me assaltou há algum tempo. Vê se descobres!
Bjos e força para o enfrentar.Mostra-lhe que és forte e que nao o temes.
jinhos


De estrelaquebrilha a 18 de Março de 2008 às 15:37
Força e pensa no que eu te disse.
bj


De Loura Decidida a 18 de Março de 2008 às 16:47
calma tudo a seu tempo tens que te preparar primeiro para dar o passo seguinte, sei que é dificil querida mas nao expludas já.
Beijo grande
Coragem


De mafalda a 18 de Março de 2008 às 17:47
olá.
lamento muito o mau momento que estás a passar e só faço votos para que tudo se resolva pelo mehor.
beijinhos!


Comentar post

.mais sobre mim
.Maio 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


.posts recentes

. continuo a soprar...

. não há limites

. fechado!

. tasse bem... ou pensamos ...

. vergonha de mim

. duvidas

. santas páscoas

. noticias do cativeiro

. reconstrução

. a culpada

.arquivos

. Maio 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

.fala comigo
.links
.pesquisar
 
.sopros online
   
blogs SAPO
.subscrever feeds