Sábado, 22 de Março de 2008
duvidas

Não sei se esta é a opção mais correcta. Não sei se este será o caminho mais certo a tomar. Tive talvez a oportunidade única de me empurrar definitivamente para fora deste barco, e voltei atrás com a minha decisão. Estou cheia de duvidas. Completamente à nora. Neste momento sei que ele sabe toda a verdade acerca de mim. sabe que eu o trai com a pessoa que realmente amo. Sim, porque este homem é a pessoa que eu amo. Apesar de todos os contras que tem, apesar de por vezes se parecer em tudo com o meu G, na frieza de sentimentos que mostra ter. Realmente às vezes não sei o que pensar. Se realmente me ama, ou se o amor que eu declaro ter por ele o faz sentir apaixonado por mim, o faz sentir bem, lhe faz inchar o ego. Magoa-me o facto de no meio desta história toda ele em nenhum momento se ter mostrado preocupado comigo. Uma simples sms ou mail a dizer algo tipo "-linda, não te assustes, se precisares eu estou aqui", ou um amo-te tomes tu a atitude que tomares, era isto que eu queria ouvir. Talvez a sãozinha tenha razão quando diz, que os homens não gostam de mulheres, amantes com problemas, que nós só somos bonitas quando estamos felizes e airosas. Quero acreditar que este meu amor não é assim, mas agora já tenho as minhas reservas quanto à qualidade desse seu amor. Mas uma coisa é certa, esta ultima noite com ele foi maravilhosa, apesar de não ter havido nada mais para alem de beijos e abraços, mimos e conversas. Adorei cada minuto, e vou lembrar-me para sempre do cheiro, dos suspiros, das palavras e do seu sorriso.

Ppor amar tanto este homem/sonho, é que me deixa fortes duvidas relativamente à reconstrução que pretendo empreender. Porque reconstruir um amor que acabou, eu sei que acabou, sinto-o, não vai ser coisa fácil. Pode ser que consigamos, que as pedrinhas se voltem a erguer e fazer um muro que não deixe nada mais abalar. Mas estou com fortes duvidas.

Vou aproveitar este momento de paz e aparente harmonia para me reconstruir a mim mesma.  Conseguir organizar-me. O tempo dirá se eu estou a aceitar este amor por amor ou por necessidade. E o tempo dirá se foi uma boa ou má aposta. Por enquanto vou-me esforçar e acreditar que sim.



publicado por soprodavoz às 00:20
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim
.Maio 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


.posts recentes

. continuo a soprar...

. não há limites

. fechado!

. tasse bem... ou pensamos ...

. vergonha de mim

. duvidas

. santas páscoas

. noticias do cativeiro

. reconstrução

. a culpada

.arquivos

. Maio 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

.fala comigo
.links
.pesquisar
 
.sopros online
   
blogs SAPO
.subscrever feeds