Sexta-feira, 29 de Fevereiro de 2008
duche nos teus braços

Acalmei a dor da tua ausência num duche quente. Despi-me lentamente como quem se despe para te amar, abri a água e deixei correr. Entrei e os primeiros salpicos de água que me tocaram fizeram-me estremecer e arrepiar como se fosse o toque do teu respirar junto do meu pescoço. Fechei os olhos e entreguei-me no prazer. No prazer da água quente a tocar no meu corpo, e a cada gota imaginava o teu sabor. Deliciei-me com as gotas que escorriam para os meus lábios, deliciei-me com o toque do jacto quente na minha pele. Senti como se fossem as tuas mãos, os arrepios como se fosse o toque da tua língua na minha pele. Fiquei doida de desejo por ti, e por momentos pareceu-me ouvir a tua voz a dizer-me beija-me. Apeteces-me mais a cada dia que passa. Que desejo doido de estar contigo. Abri os olhos e vi que não estavas a meu lado, não gosto assim. Voltei a fechar e desta vez mergulhei os olhos no jacto quente e forte que me molhou e me fez desejar-te ainda mais. Imaginei que era um livro e que tu me lias, lias com as tuas mãos como se eu fosse uma edição em braille . Sabes-me bem, mesmo que apenas em memória. Cada dia que passa crio novas formas de te amar e de te querer. Deixei-me ficar por minutos debaixo da água quente que me queimava a pele, assim como o meu desejo por ti me faz arder. Passei o sabão em mim e deixei-o deslizar languidamente pelo meu corpo, nem te descrevo as sensações que tive. Para mim tu estavas lá comigo... que mais te posso dizer?! desejo-te, quero-te, pura e simplesmente, amo-te!


sinto-me: sensual

publicado por soprodavoz às 22:29
link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito

Quinta-feira, 28 de Fevereiro de 2008
água fria , TPM, chuva e homens

Mudando de assunto que o anterior já tresanda. A guerra fria continua, e as minhas trombas já parecem as de um elefante. Nas costas dele rio-me que nem uma perdida ;)

Hoje estou bem disposta, agora estou melhor. Bem, primeiro que tudo já tenho água quente. O real esquentador tinha dado o badagaio, e está à quase 10 dias, sim 10 dias, sem água quentinha. E eu sem banhinho de água quente, e eu quero dizer mesmo quente, não sou nada neste mundo. Para mim o banho de água quente vem logo a seguir  ao mimo na tabela de preferências. Eu adoro um duche bem quentinho ao fim do dia, é o que me ajuda a relaxar e meter a cabeça em ordem. Sem isso, confesso, fico insuportável. Entretanto, nestes 10 dias, tomei banho de água quase gelada, ou então tinha de levar a tralha toda e tomar o duchinho no ginásio, tomo sempre duche depois do exercicio, mas não tão completo - hummm pronto não estou a conseguir saber explicar-me. Que mau aspecto. O resto da familia real, miuda e gajo, tomaram banho na casa da sogra. Eu não gosto de lhes dar essas confianças. A mulher ainda me apanhava uma cuecas e fazia macumba com algum....enfim! Isto tudo para dizer que tomei um grande duche de água quente, estou super relaxada.

Segundo tópico da agenda do dia, TPM. Não senhor gajo eu ando mal disposta mas o problema é mesmo o senhor. Não venha cá com tretas que a culpa é do período. Estou contigo pela ponta do cabelo. Apesar da TPM ter um bocadinho de nada a ver com isso. Se me desses chocolate a coisa acalmava. Homens burros. Estou como a gaja LL, homens leiam revistas de mulheres, aprendam sobre nós!

Terceiro apontamento, chuva. Aqui nem chove nem deixa chover. Está um tempo morrinhento que dá um nojo descomunal. Por favor, ou chuva ou sol, decidam-se ai em cima. Eis a minha ira contra São Pedro. Um dia destes levo com um raio em cima da tola só por causa das blasfémias.

Homens, quarto ponto do dia, que vamos nós dizer sobre isso. Sub espécie da raça humana, que podemos dividir em diferentes categorias, mas sinceramente ainda estou para descobrir o perfeito. Não há! Há um que me dá com os pés, mas que me dá um tecto e cuida de tudo o que envolva os bens materiais e que me diga respeito. Põe gasóleo no carro e lhe muda os pneus. Há o que me mima e me diz que sou linda e maravilhosa, mas que não tem tempo para mim. E há também  todos aqueles espalhados pelo mundo fora, alguns dos quais com quem ja partilhei momentos da minha vida, e que todos juntinhos, metidos num saco e atirados ao rio não se perdia nada. E os que pretendem falar comigo, e os que gostam de falar comigo, e o que me perdeu e me quer reaver, mas só por um bocadinho. Homens, ainda me dizem que são fáceis de manipular,e são uma raça simples. Talvez o problema é serem simples demais. Eu quero um que me ame, que me diga que sou linda, que cuide de mim, me proteja, que mude os pneus ao carro, mas que meta no meu lugar de vez em quando, que seja sacana nas horas certas e no bom sentido, que não me minta, que me goste de levar para a cama e me faça sentir poderosa. Quero alguém assim, não básico, complexo. E que no fim me leve a jantar, e me dê a mão enquanto comemos, e que converse, que saiba conversar, que me saiba encantar. Que tenha um humor fantástico, que tenha ciumes do mundo por mim, que me encante com os seus conhecimentos, e se souber aparar a erva do jardim ainda melhor. Alguém conhece algum assim?


sinto-me: não sei
música: sweet child - GNR

publicado por soprodavoz às 22:22
link do post | comentar | ver comentários (22) | favorito

cobarde

Só pelo título já podem antever um pouco  tema deste post . Pois é verdade, o post de ontem revelou ser só garganta. Na hora da verdade aqui a je acobardou-se, e não disse nada. Sei que estão desiludidos comigo, e até podem já começar a fazer filinha para me puxarem as orelhas, eu mereço. Mas o que é que querem, eu sou ... eu sou a modos que uma cobardolas, é o que eu sou. Eu tinha mesmo vontade de fazer o que disse que ia fazer. Mas depois o tempo foi passando, ele desapareceu de casa todo o dia, e veio tarde e a más horas, a LL deu-me um chá de tília , e eu acalmei. Não pensem que andamos aos beijinhos e aos abraços, está instaurado clima de guerra fria. Por incrível que pareça trocamos mais palavras pelo messenger do que pessoalmente. Ontem à noite ele teve o descaramento de me pedir uma ligação com câmara , ainda lhe fiz a vontade, mas a última coisa que queria ver era as trombas dele no computador, ainda enchia isto de vírus , bah ! Fechei-lhe a sessão. E continuei noite fora a falar com a minha amiga P. e a trocarmos ideias para templates e a falar mal dele. Hoje o clima de hostilidades tem continuado, e o tempo que passamos juntos restringe-se ao estritamente necessário, ou seja, há hora da refeição.

Entretanto descobri um novo amor que coloquei no meu blog, a minha janelinha de chat . Onde todos os meus visitantes poderão conversar comigo, isto se eu estiver online. De preferência identifiquem-se, para eu saber com quem falo. Hoje já tive duas conversas, uma delas foi simplesmente deliciosa, e deu-me no mínimo mais dois aninhos de vida, e alguns sorrisos. Espero que não se torne um novo vicio, nem para mim nem para ti. Quem está contente com esta maravilha é a gaja LL, que anda com uma crise de cimeira por causa do seu amor virtual. Zangou-se hoje connosco, comigo e com ele, só porque queríamos jogar damas online. Ela vê nesta nova janelinha de chat a probabilidade de eu falar com o meu "amor" e assim deixa-la jogar strip poker com o namorado virtual à vontade. Doidices de LL.  


sinto-me: envergonhada pela cobardia

publicado por soprodavoz às 00:12
link do post | comentar | ver comentários (26) | favorito

Terça-feira, 26 de Fevereiro de 2008
insónia

Duas noites seguidas sem pregar olho. Toda a noite às voltas. A primeira noite porque acho que pressentia maus tempos, a segunda porque os maus tempos se concretizaram. Dói-me o corpo todo das voltas e reviravoltas que dei na cama. Escusado será dizer que dormi sozinha . Já nada vos espanta também.

Estou com a ideia de ter uma conversa séria, muito séria, com o gajo esta noite. Vou-lhe simplesmente dizer que acabou tudo, que quero a separação. Não que lhe tenha de pedir o que quer que seja, sou livre que nem um passarinho. Mas acho que lhe vou dizer, e explicar-lhe o porquê desta decisão. Não é uma decisão influenciada pelo amor de alguém, que ao fim de contas não passava de uma ilusão, esta é uma decisão tomada por mim. Vou-lhe expor tudo o que sinto, e como ele me faz sentir. Nada que seja novidade para ele, pois eu quase todos os dias lhe lembro como me sinto e os erros dele, mas desta vez vai levar com eles todos bem enumerados. É uma situação que me assusta muito, pois não sei o que vou fazer depois, mas seja o que for estarei pronta para aceitar. Ele cada vez está mais parecido com os pais, tem atitudes de manipulador, torturador, e de um perfeito estafermo. Tenho medo pela minha filha, e pelo egoísmo que ele demonstra, e como isso a pode afectar no seu crescimento. Mais dia menos dia ela vai aperceber-se de como o pai é, e isso preocupa-me. Estou preocupada, assustada, e acima de tudo sinto-me sozinha . Está a ser muito complicado gerir isto tudo de forma racional. Tenho mais algumas horas para me preparar para a noite, vamos ver se tenho coragem.


sinto-me: preocupada

publicado por soprodavoz às 16:17
link do post | comentar | ver comentários (36) | favorito

Segunda-feira, 25 de Fevereiro de 2008
encruzilhada

Hoje deparei-me com uma situação muito complicada de gerir. E ainda por cima quando achamos que temos alguém ao nosso lado que nos vai apoiar numa decisão difícil , esse alguém arma-se em parvo.  Estou por tudo esta noite.

Logo pela manhã soube tristes novidades.  Na noite de sexta feira o gajo passou a noite toda no carro a falar com uma miúda , e segundo dizem a derreter-se todo. A coisa já corre em larga escala aqui pela terra, e eu claro no papel da mulher enganada, da desgraçada que esta em casa com a filhinha. Estão a ver bem a minha vidinha. Eu não gosto de dar azo a boatos, nunca fui gaja para isso, e nunca me importei muito com esse tipo de situação, mas esta desta vez caiu-me muito mal. Não sei bem o que sentir, a minha vontade é de fazer as malas e desaparecer. Mas por outro lado estou com vontade de desistir de tudo e de todos. Acho que ninguém é de confiança, ninguém merece ser amado por mim. Ou talvez eu seja assim tão má que não mereça o amor de ninguém. Sinto-me perdida, e sinceramente não sei que rumo dar à minha vida. Desta vez a coisa complicou-se. E acreditam que ele se apercebeu que eu estava estranha, mas nem me indagou porquê. Estou cansada e vou desistir. Não sei de quê ainda, mas vou desistir.


sinto-me: a desistir

publicado por soprodavoz às 22:39
link do post | comentar | ver comentários (17) | favorito

acabou

Porque há palavras que magoam, atitudes que ferem, acho que o tu e eu deixa de existir. Não deve ser preciso dizer mais nada, acho que merecia mais respeito da tua parte, foste igualzinho a ele. Nunca te magoei assim, nunca te feri desta maneira. Precisava de ti e do teu carinho, não de uma besta.De qualquer das formas, quem sabe não era este empurrão que eu precisava para te apagar da minha lista de endereços?! Agora já está, dói mas vou acreditar que passa. Não merecia isso, definitivamente acho que não merecia! Normalmente são as pessoas que mais amamos que nos dão os maiores desgostos.


sinto-me: desiludida ctg

publicado por soprodavoz às 22:32
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

.mais sobre mim
.Maio 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


.posts recentes

. continuo a soprar...

. não há limites

. fechado!

. tasse bem... ou pensamos ...

. vergonha de mim

. duvidas

. santas páscoas

. noticias do cativeiro

. reconstrução

. a culpada

.arquivos

. Maio 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

.fala comigo
.links
.pesquisar
 
.sopros online
   
blogs SAPO
.subscrever feeds