Sábado, 1 de Março de 2008
o fim da picada

Hoje eu e a minha amiga gaja LL combinámos sair as duas de tarde. Ir dar uma voltinha, meter a conversa em dia, LOL , num passeio à beira rio. Depois de almoço informei o meu adorável esposo de tais planos. Recebi uma enorme careta e um grande inquérito acerca de tal passeio, e só para o tramar, disse que ele ficaria com a miúda. A primeira vez que eu saio em prazer e deixo a miúda com o pai. Uma aventura! Ele não acreditava muito que eu ia sair, só depois de me ver toda aperaltada é que viu a luz. Já estava eu prontinha para sair, à espera da LL, e ele começa a engonhar de volta da minha pessoa, e mesmo antes de sair ainda inventou mil e uma coisas para atrasar a minha saída de casa. Mal ela chegou reiniciou logo o inquérito, ao que ela lhe respondeu que íamos só dar uma volta. Não me pareceu que ele tivesse ficado muito satisfeito. Mas já soube demais. Ele quando sai não sofre qualquer inquérito, nem à saída nem à chegada. porque haveria eu de ter de passar por isso. Já sou grandinha, não?!

Bem, lá zarpámos as duas no carro em direcção à margem do rio. Modéstia à parte temos uma beira rio lindíssima . Pena que não tivéssemos ali os nossos mais que tudo para namorar. Mas foi bom conversar, andar, rir, dizer toledos . O costume, andamos sempre bem dispostas, apesar das coisas que a vida nos tem mostrado. Tentamos ser felizes à nossa maneira.

Estávamos nós muito bem sentadinhas num muro na converseta , quando vimos um grupo de senhores a iniciarem uma long journey à beira rio. Viu-se logo que tinham acabado de almoçar lampreia, e iam caminha para desmoer . Eu e a LL não nos aguentámos, já estávamos a rir antes de eles chegarem a nós, e foi pior quando estavam a passar. Tudo porque a LL respondeu a um boa tarde que lhe disseram, e eu lhe perguntei quem era. Ao que ela me respondeu: " Eu sei lá bem... devo conhecer não?!" Não me aguentei e desatei a rir. O meu riso é contagiante, e ela larga às gargalhadas. Um dos últimos que ia a passar tinha cara de José cid, e ria-se todo baboso. Eu comentei com ela as parecenças com o Cid, e até afirmei que esperava que ele tirasse os óculos só para confirmar. Nesta ela não se aguentou mesmo e a risota foi corrosiva. Isto passou-se e nós continuamos na conversa. às duas por três reparamos que o tipo que tinha dado bom dia voltava para trás, e aproximou-se de nós. Hummm acabou-se a risota, e metemos o nosso ar pedante. O tipo teve a lata de nos vir convidar para lhe fazermos companhia no passeio. Eu se tivesse um buraco tinha-me enfiado, mas a LL como mais a nariz arrebitado, disse logo que não, e ainda reiterou "por alma de quem?"  O homem já ia embora, mas voltou ao ataque e disse para nós esperarmos por eles ali. Claro que não esperaríamos. Calha-nos com cada um! O problema foi que tivemos de andar a mudar de poiso de meia em meia hora pois os gajos demoraram imenso a desmoer a boa da lampreia, e nós não nos queríamos voltar a cruzar com eles. Uma das vezes íamos sendo encurraladas, mas eu com o meu faro apurado, detectei a milhas o cheiro dos charutos. Só nos saem é duques!

Ainda estivemos por momentos interessadas nas actividades piscatórias de alguns elementos desconhecidos. Estivemos uma boa hora a apreciar a técnica de pesca no meio do rio, e sem conseguirem apanhar uma truta sequer. Divertidíssimo ! Só não teve piada quando nos apercebemos que o resto do grupo de pescadores estava a apreciar a nossa conversa e riam-se que nem uns perdidos.

Tivemos mesmo de sair da beira do rio e ir lanchar. Quando caminhávamos para o parque de estacionamento, reparámos que estávamos a ser o centro das atenções dos homens. Não percebemos porquê. Tivemos literalmente de fugir.

Não somos nenhumas brasas, somos mulheres normais, que riem muito e que conversam. Será isto tão anormal?! Que temos nós de especial?! Será que duas mulheres sozinhas não podem ir dar uma volta a pé num sábado à tarde? gajos!

 

 

 


sinto-me: divertida

publicado por soprodavoz às 23:52
link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito

i'm sorry

Meninas desculpem-me! Eu ontem portei-me muito mal convosco, mas eu tenho uma boa justificação. Hummm, a quem se destina este pedido de desculpas?! às meninas LL, pessoinha, xanata, M. e à minha miguita. Desculpem vá la. Eu sei que estava na conversa convosco ontem à noite e não vos liguei patavina. Nem sei se me despedi de vocês como deve de ser. Desculpem, desculpem, desculpem, mas eu acho que nunca tive tantas janelas de conversação abertas em simultâneo. Eu já não sabia para onde me virar, e depois, e depois apareceu o amor, e foi o fim da picada. Ele absorve-me por completo, e tenho tão pouco tempo para ele, que fui injusta convosco. Que feia que eu fui :(

Gaja LL desculpe-me, eu sei que estávamos tão bem na treta a dizer mal deles, mas ele chegou e eu tive de a despachar, mas compreende-me não é?! Logo tomamos um cházinho da paz?!

Gaja, gaijeira, desculpa, mas não consegui mesmo dar-te atenção. Lembro-me de me teres dito que ías para a cama, mas não me lembro de ter mandado um beijinho. Desculpa, mil desculpas, mas pelo que percebi ías para a cama bem acompanhada ;)

Miguita, não te queixes muito, pois tu absorveste a maior parte do meu tempo, também falamos tão pouco, e ontem foi mesmo um daqueles dias em que toda a gente apareceu. E nós temos tanto que falar. Acho que ainda te cheguei a desejar uma boa viagem. Hummm 9 dias em Praga, quem me dera. Fiquei preocupada com as tuas carências, mas sei que depois da viagem jé estará tudo ok.  Beijinhos linda e diverte-te e aguardo a tua visita!

M., a menina dos 30 a virar da esquina, a primeira vez que falávamos e foi tudo tão às três pancadas. Desculpa mesmo. Mas acho que até ainda consegui explicar o que se estava a passar. Havemos de tentar uma nova conversa num outro dia, pode ser?

Xanata, xanatinha, linda.... cof cof cof... foste a mais desprezada :( snifs snifs... Desculpa! Mas é que ainda por cima a janelinha do chat do blog é um desatino. Sempre que alguem diz alguma coisa, eu não consigo escrever mais, é um desatino. Agora imagina com três pessoas nessa janela. E o meu amor é muito exigente, mas também pudera, foi a primeira vez em quase 7 anos que voltámos a teclar.

Compreende-me :( please, forgive me?! Herrrr e já agora, podias voltar a dar-me o nome do livro?!

Sou um monstro, mas um monstro apaixonado! Por favor compreendam-me

Beijinhos a todas


sinto-me: envergonhada

publicado por soprodavoz às 11:30
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito

.mais sobre mim
.Maio 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


.posts recentes

. continuo a soprar...

. não há limites

. fechado!

. tasse bem... ou pensamos ...

. vergonha de mim

. duvidas

. santas páscoas

. noticias do cativeiro

. reconstrução

. a culpada

.arquivos

. Maio 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

.links
.pesquisar
 
blogs SAPO
.subscrever feeds
Em destaque no SAPO Blogs
pub